Esse era José, um homem de Deus / andava reto com o Senhor/
Temia, amava o Redentor / Só que as lutas apareciam / Eram só contas a pagar e o dinheiro a se acabar / Ele olhou pro Céu / Pediu ajuda ao Rei / Logo um profeta que ali passava / o Ordenou com Fé/
Então diga, diga Aleluia/ Cantai louvores dai Graças / Então diga, diga aleluia / As lutas passam/ Só ficam as marcas, Aleluia / Dê Glória a Deus

Passava o tempo, nada mudava / José queria derrubar, o inimigo a rondar / Sua esposa o atormentava / Cadê o leite e o café / Você não presta, oh José / Ele olhou pro Céu / Pediu ajuda ao Rei / Logo um profeta que ali passava / o Ordenou com Fé/ Então diga, diga Aleluia/ Cantai louvores dai Graças / Então diga, diga aleluia / As lutas passam/ Só ficam as marcas, Aleluia / Dê Glória a Deus

José era forte, um homem de fé / Tanto orou e jejuou / Só lhe faltava ser cantor / Jesus olhava, do Céu pensava / Olha que servo eu criei / Na angústia, dor pra que temeis / Deus o Abençoou / Mandou Maná dos Céus / E aquele homem que nele Cria / Agora é Vencedor
Então diga, diga Aleluia/ Cantai louvores dai Graças / Então diga, diga aleluia / As lutas passam/ Só ficam as marcas, Aleluia / Dê Glória a Deus

Vídeo incorreto?