Quando eu era moço novo
Pra mim tudo era alegria
Eu entrava no fandango
Dançava até o outro dia

A velhice foi chegando
Eu perdi a energia
Já não posso fazer mais
Certas coisas boas que eu sempre fazia

Tô ficando velho, tô ficando fraco
Já não sou o mesmo, tô virado em caco
Tô mais encolhido do que gato em saco
Fui madeira boa que virou cavaco

Quando eu era moço novo
Pra tudo era capaz
Fazia certas proezas
Que hoje pouca gente faz

A velhice foi chegando
E eu fui ficando pra trás
Certas coisas que eu fazia
Nem com simpatia hoje não faço mais

Tô ficando velho, tô ficando fraco
Já não sou o mesmo, tô virado em caco
Tô mais encolhido do que gato em saco
Fui madeira boa que virou cavaco

Quando eu era moço novo
Era um índio mui buenacho
A velhice foi chegando
Fui ficando mais por baixo

Já ganhei briga de touro
Hoje apanho até de guacho
E disseram e eu concordo
Que sou bananeira que não dá mais cacho

Tô ficando velho, tô ficando fraco
Já não sou o mesmo, tô virado em caco
Tô mais encolhido do que gato em saco
Fui madeira boa que virou cavaco

Vídeo incorreto?