Tanta água já puxou meu braço
Tantas vezes
Já me esqueci
Tantas vezes já senti cansaço
Tantas vezes relutei em vir

Cada dia esse caminho faço
Cada dia é preciso mais
Quanto mais
Maior é o meu descaso
Pois a água não me satisfaz

Quero deixar a corda
O balde, o laço
Quero beber e não precisar mais
Dá-me Tua água
E a vida que eu traço
Será nova
Sentirá a paz

Quero deixar a corda
O balde, o laço
Quero beber e não precisar mais
Dá-me Tua água
E a vida que eu traço
Será nova
Sentirá a paz

Vídeo incorreto?