De vez em quando eu agradeço a Deus
Porque as estrofes dos poemas meus
São feita por Ele e cantadas por mim

O vento é maestro é autor dos arranjos
Meu vocal são feitos por vozes de anjos
No primeiro verso, no meio e no fim

Meus colegas músicos são os passarinhos
A sombra das árvores me servem de ninho
Palco que eu reúno milhares de fãs
A lua me beija o sol me inspira

A terra me aplaude o céu me admira
Porque as estrelas são minhas irmãs

A fé me dar força pra que suba a serra
Digo sim a paz, digo não a guerra
Canto com as aves sonho com as crianças
Brinco com as ondas quando o mar se assanha
Ora ajoelhado ao pé da montanha
A fera me segue, mas não me alcança
A brisa me encontra a chuva me molha
A noite me acolhe um anjo me olha
Assim eu acordo muito mais feliz

Me calo pro mundo e com Deus me confesso
Faço uma oração e depois lhe peço
Fé pra todo mundo e paz pro meu país

Nasce um novo dia meu caminho eu sigo
Eu não tenho dúvida que Deus vem comigo
Me mostrando a letra da nova canção
Na primeira árvore que eu chegar me escoro
Boto a melodia na letra e decoro
Canto com a voz do meu coração
Se é da paz que eu vivo é a paz que prego
Sem falar do peso da cruz que carrego
Furado de espinhos dos caminhos meus

Não vivo sem Deus sequer um segundo
A canção que canto é dizendo ao mundo
Que sou o poeta inspirado em Deus
Obrigado meu Deus

Vídeo incorreto?