A minha vida de poeta eu levo viajando,
Eu tou na estrada sigo cantando,
De bem com a vida e longe da solidão,
Toda sombra tem um palco pra cantar em cima,
Pra compor a música pra fazer a rima,
Pra falar de Deus na minha canção.

Eu vivo livre desse mundo igual a um beija flor,
Semeando a paz, plantando o amor,
Colhendo esperança pra sobreviver.
Não trago comigo a maldade dos que tem por aí,
Derrubando os outros pra poder subir,
Sem pensar na queda quando for descer.

Não tenho ganância,
Não quero riqueza que mude o meu ego,
Nas horas difíceis com Deus eu me apego,
Eu ando com Deus eu sou feliz demais.

Eu sou um poeta, sou um cantador,
Sou um passarinho, do ninho pra o mundo,
Do mundo pra o ninho.
Não vivo de guerra nem morro sem paz.


"Obrigado Meu Deus"

Vídeo incorreto?