Vou tentar te alcançar, te segurar, meus braços vão se
multiplicar
Vou abrir, não vou deixar jamais fechar as portas de
onde você está
Você me traz a cura
Quando estende a mão
Se minha dor é aguda
É grave o som que vem do teu perdão
é grave se você não vem

Você vai me abraçar
Me tranformar em algo bem maior que o mar
Estou aqui, Vou esperar anestesiar a dor de quem vive
a sonhar, vive a sonhar
Vou estar no seu espaço, no teu encalço
Vou estar no teu caminho pra não ficar sozinho

By: Arthur Moreau

Vídeo incorreto?