Por dinheiro meu mestre, traído foi
Nas mãos de malfeitores, entregue foi
Acusado e humilhado não se defendeu...

Foi tratado como outro preso qualquer,
Condenado a morte sem merecer,
Pois nao creram que ele era o rei dos judeus.

De juiz meu rei, se tornou réu
Quando teve sede, lhe deram féu
Uma coroa de espinhos lhe fizeram usar.
Bateram em sua face, riram do senhor
Dizendo: "Salva-te a ti mesmo se és o salvador".
Mas, não sabiam que na verdade ele tinha que morrer,
Pra que hoje eu pudesse viver.

Dura cruz por mim ele levou, (aleluia)
No calvário ele se entregou, (aleluia)
Mas ao terceiro dia ressurgiu e a morte venceu, (aleluia)
E assentado com o pai está, (aleluia)
sei que em breve virá me buscar, (aleluia)
E eternamente com ele viverei.

Até posso imaginar
O rei dos reis a implorar
"Pai! os perdoem pois não sabem
O que estão a me fazer"
Ao pai o seu espírito entregou
Foi ao inferno e tomou, a chave da morte
E de todo mal para todo sempre
Amém!
Aleluia!

Dura cruz por mim ele levou, (aleluia)
No calvário ele se entregou, (aleluia)
Mas ao terceiro dia ressurgiu e a morte venceu, (aleluia)
E assentado com o pai está, (aleluia)
sei que em breve virá me buscar, (aleluia)
E eternamente com ele viverei.

Aleluia! Dura cruz por mim ele levou, (Aleluia!)
No calvário ele se entregou, (Aleluia!)
Mas ao terceiro dia ressurgiu e a morte venceu, (Aleluia!)
(Ele vive...) E assentado com o pai está, (Aleluia)
sei que em breve virá me buscar, (aleluia)
E eternamente com ele viverei.

Aleluia! Dura cruz por mim ele levou, (Aleluia!)
No calvário ele se entregou, (Aleluia!)
Mas ao terceiro dia ressurgiu e a morte venceu, (Aleluia!)
E assentado com o pai está, (Aleluia)
sei que em breve virá me buscar, (aleluia)
E eternamente com ele viverei.

a-le-lu-ia... a-le-luia!
a-le-lu-ia!

Vídeo incorreto?