Eu vou subir ao encontro do meu Rei
Para trás tudo deixarei
E o mundo não me verá jamais
Eu vou subir, como águia vou voar
Para trás não vou olhar
Pois o mundo já passou
Eu vou morar no céu, não vou pagar mais aluguel
Nem água e nem luz
Não vou precisar de hospital
Pois na cidade celestial é que eu vou morar
Vou ficar livre de dívidas
E da compra do mês
Do carro financiado
E daquele mal freguês
Vou ficar livre do emprego
Que causa opressão
De pagar o telefone
A faculdade e a televisão

Vídeo incorreto?