Quero ser de novo quebrantado
E voltar à casa do oleiro
E poder sentir o Seu cuidado
E voltar ao meu amor primeiro.

Sei que o cair é do homem
Mas é de Deus o levantar
Sou pó e cinza, eu sou um simples vaso
Ó vem grande oleiro
Com Suas mãos me restaurar.

Vivifica-me, eis-me aqui
Purifica-me e aumenta minha fé
Santifica tudo o que há em mim
Tu és oleiro, faça como quiser.

Vídeo incorreto?