Fui eu, fui eu que um nome e uma casa lhe dei
E ela no meu coração mandava
Se algum dia pedisse pra eu roubar, eu roubava
Não há ninguém nesse mundo que faça o que eu fiz
Não há dinheiro que pague o valor deste amor
Me sacrifico por ela, mas tenho ainda esperança
Que voltará para mim
Do outro algum dia se cansa

Vídeo incorreto?