Deixa de arrastar o teu tamanco
Pois tamanco nunca foi sandália
E tira do pescoço o lenço branco

Compra sapato e gravata
Joga fora essa navalha que te atrapalha
Com chapéu do lado deste rata

Da polícia quero que escapes
Fazendo samba-canção,
já te dei papel e lápis
Arranja um amor e um violão

Malandro é palavra derrotista
Que só serve pra tirar todo
o valor do sambista
Proponho ao povo civili..zado
Não te chamar de malandro
E sim de rapaz folgado.

Vídeo incorreto?