Desolação


A maioria das minhas doces memórias foram enterradas na areia
E agora o fogo e a dor chegam a um fim
Como conseguiras vir me salvar desta terra desolada?
Mais uma vez, enxergo nos teus olhos o nascer de dias mais brilhantes.

Com minhas lágrimas apagaste o palito de fósforo em minhas mãos
Todas estas coisas que tentas fazer fazem de mim um homem melhor
Agora lembro da alegria e gosto do bastão de doces
A inocência da juventude e som do estagnar do amadurecimento

Grande parte de quem eu era desapareceu nas ondas
As memórias do menino que fui estavam se afogando e então tu disseste
"Agora lembro da alegria e o sentido do Destino"
A cor da verdade e o som de dias ensolarados.

A maioria das minhas doces memórias foram enterradas na areia
E agora o fogo e a dor chegam a um fim
Como conseguiras vir me salvar desta terra desolada?
Mais uma vez, enxergo nos teus olhos o nascer de dias mais brilhantes.