Não brinque com meu amor
Meu amor não é brincadeira
E nem é coisa sem valor

O meu peito é uma esteira
Onde a paz se deitou

Eu chamo você demora
Eu já disse à você

Brincadeira tem hora
Brincadeira tem hora

A solidão vive açoitando meu peito
Procuro um jeito ligeiro
Dela sempre me esquivar
Mas a luz que ilumina meu caminho
Ilustra meu pergaminho
Com as vitórias que a vida me dá
Maltrata quem te adora
Brincadeira tem hora
Eu sei quem te adora

Brincadeira tem hora

Um coração, quando ama choraminga
O olhar lacrimeja e até minguá
Em busca de carinho
Amor é coisa que nasce dentro da gente
Quem não tem, vive doente
Perdido nos descaminhos
Essa paixão me devora
Brincadeira tem hora
Se eu chamo e você demora
Brincadeira tem hora

Brincadeira tem hora

Vídeo incorreto?