Se a tristeza bater na minha porta
Diga, por favor, que eu não estou
Invente uma mentira,
Qualquer coisa, não importa:
Que eu me mudei, que eu sumi,
Que eu viajei com meu amor
Pode ser que ela venha disfarçada
Perfumada com o aroma da alegria
Cuidado, não abra, deixe a porta tramelada
Se ela entrar vai começar de novo a minha agonia
Diz que eu fugi de casa
E que ninguém sabe pra onde
Que eu peguei um bonde
Com o destino do luar
Engana ela, desconversa, engabela
Manda ela ir embora
Faça alguma coisa,
Pelo amor de deus não deixa ela entrar

Vídeo incorreto?