Eu vou dançar a noite toda com essa nega, a nega mais querida,
Eu vou cheirar esse cangote, o cangote mais cheiroso do lugar - desse lugar,
Vou te amando nesse xote apaixonado, assim cheio de vida,
E no futuro, de presente, um coração, papel passado, eu vou te dar

Vou te trazer do campo a fulô, a fulô mais cheirosa,
Mas eu duvido quela tenha o cheiro bom,
O cheiro igual ao que tu tem - não vai ter não,
Eu tô doidinho, me xamega, fica aqui pertinho deu, nega dengosa,
Me dá um beijo, de presente, esse teu nego sem futuro te quer bem

E esse meu peito, que andava tão sofrido, agora encontrou
Quem procurava há muito tempo para acabar com a minha dor,
Ainda bem, posso dizer eu tô com quem eu sempre quis,
Me ver chorar é coisa do passado, não vou sofrer mais,
Até que enfim o grande amor que toda a vida andei atrás
Tá bem aqui junto de mim, posso dizer que sou feliz

Vídeo incorreto?