Ao amor por inteiro

Para bom entendedor
Meia palavra há de bastar,
Para quem sabe o que é o amor
Meio carinho há de faltar

Eu nunca quis saber de meio beijo,
Meio abraço, meio cheiro,
Carinho pela metade,
Beijo bom é beijo inteiro,
Abraço só se verdadeiro
E cheiro dado com vontade

Meio cafuné não deixa o cabra apaixonado,
É um carinho com defeito,
É um xamego incompletado
Desses que deixa o sujeito
Com uma dor dentro do peito
E o coração desarrumado

Por isso eu peço, me complete, me xamegue, me dê o seu beijo inteiro
Um abraço verdadeiro e um cheiro bem cheirado, desses com muita vontade
E eu te dou meu coração, a minha vida, o meu bem querer
E te prometo devolver todo carinho que receber e um mundo de felicidade