da sementeira da vida brotou um pé de estrelas
e hoje se quero vê-las basta-me os olhos abrir
se a noite vem me afligir e a luz da lua me esquece
elevo a deus uma prece por tê-las juntas de mim

estrela mãe que engravida parindo as pequeninas
pirilampos-bailarinas dançando na escuridão
vagalumeia joão mãos dadas com mariana
e u'a doce estrela inflama meu peito de cantador

é o céu se mudando pra terra, o alumiar um viver
é a sombra de um pé de estrelas
florado do meu bem-querer

Vídeo incorreto?