Ainda me lembro quando era antigamente
e eu plantava uma semente
em cada cantinho de flor
E no balanço da viola enluarada
meu jardim se floreava sempre com
um novo amor
Ai, ai meu Deus mas como era diferente,
tudo era reluzente de perfume e de cor
E minha vida era toda floreada,
pois todas minhas namoradas
tinham o nome de uma flor
É margarida, é Violeta, Tinha Rosa,
Íris e Jasmim
E açucena que já foi a predileta
E me deu uma Orquídea cheiro Alecrim
É Malva-Rosa, Vitória-Régia,
Hortência tinha muito amor por mim
Tinha Verônica com perfume de erva,
minha Papoula Anjo-Loiro, doce Querubim
Mas acontece que a tal de margarida
Com sua flecha fez ferida e me trouxe a dor
E hoje em dia quando vejo flor eu choro
pois eu sei que toda flora tem o cheiro do amor
Oh Margarida, não posso sentir cheiro de Flor
Pois você que era a rosa mais bonita fez o
meu jardim da vida virar um mar de chororô

Vídeo incorreto?