Sentado na bera da praia
Eu peço a rainha do mar
Que mareje de amor to do o meu penar
Eu peço ao vento do norte
Que sopre bem forte
E um sopro de força e corajem pra me amparar
As vezes meu barco cansado
De ondas tamanhas
Precisa de um porto sereno pra ancorar
Mas quando eu chamo
A rainha do do mar
Me sinto seguro e volto a navegar

Navegando viverei
Pra viver navergarei
Navegando viverei
Pra viver navergarei
Eu peço ao senhor do horizonte
Segredos me conte
Que tragam de volta a fé pra continuar
Eu clamo à luz matutina
Clarei a minha sina
Me de sua mão me segure para caminhar
Eu quero cumprir meu destino
Cessar minhas dores
Semeando flores por onde a canção chegar
Eu chamo o vento do norte
Eu quero bem forte o amor da rainha desse mar
Navegando viverei
Pra viver navergarei
Navegando viverei
Pra viver navergarei