Taiyou ga mata kagayaku toki (tradução)


Quando a carta chegar
Guarde-a em silencio
Sem abrir o envelope
Se houver tempo

Por favor, entenda os meus sentimentos
É meu primeiro e ultimo pedido

Sem sermos tão fortes
Quando somos bons
Nos abraçamos seria e totalmente
Quando o alvorecer se aproximar
Desta janela, de longe
Vou atirar a flecha de coragem em suas costas
Antes que você vá embora

A chuva lá fora ainda não parou
E a cidade e as pessoas encharcadas
Ainda assim acreditam que o sol virá
Esta velha canção, a silhueta na parede
E esta doce vida
De jeito algum viraria uma pintura "realidade"

Eram dias transbordantes de ternura
E de sentimentos pintados com mercúrio
Mas não olhe para trás
O caminho que você escolheu
Continua pela alvorada que só você conheceu

Não se esqueça...Esqueça
O meu pensamento sobre você
É como o mar em noite de tempestade
Chorando, nos separamos
O guia de duas pessoas que vagam
É a palavra "esperança"

Por timidez, eu não falo
Para duas pessoas que se amam
Mas na verdade eu digo:
Voz do coração que todo mundo quer transmitir
Chegue agora!

A chuva lá fora ainda não parou
E a cidade e as pessoas encharcadas
Ainda assim acreditam que o sol virá
Esta velha canção, a silhueta na parede
E esta doce vida
De jeito algum viraria uma pintura "realidade"

Não se esqueça...Esqueça
O meu pensamento sobre você
É como o mar em noite de tempestade
Chorando, nos separamos
O guia de duas pessoas que vagam
É a palavra "esperança"