Estava na desalegria
Vagando pela cidade
E o mormaço da saudade
Me pegou ao meio-dia
Chega dava uma agonia
O calor e a solidão
Queimavam meu coração
Mais eu não esmorecia

Cai em mim
Chuva que lhe quero bem
Cai em mim
Chuva que quer me molhar

Leve eu e meu amor
Onde o rio me levar
Leve eu e meu amor
E conte os segredos do mar

Eu cantava o meu repente
Quando ouvir o chamado
Eu fiquei emocionado
Quando olhei para o poente
Linda flor vinha contente
Carregada de alegria
Meu amor ela dizia
Como está linda a nascente

Linda flor minha canção
Se passaram tantos anos
Desde que desencontramos
Que em meu peito faz verão
Mais sempre que lhe vejo então
Fico logo em tempestada
Trovejando de vontade
De ser chuva em teu sertão

Vídeo incorreto?