Trago a viola no peito
Canto histórias daqui
Trago guardado comigo
Os amigos

Dou meia volta no mundo
Na literatura de cordel
A vida é pra ser vivida
Tudo em nome do amor

Caminhos tortuosos
Na vida já trilhei
Triste da alma que não for sofrida
Não viu a vida

Canto uma canção
Pra São José
Faço uma oração
Pra São João e São Gabriel

São meus amigos do peito
Os anjos celestiais
Eles que salvam os amigos
Do perigo

Um dia hei de achar
O meu lugar
E se não encontrar
Sigo a cantar
Hê laêee, hê hê hê hê

Vídeo incorreto?