Quem sabe, sabe, quem não sabe, não precisa saber

A sua vida inteira você ficou tentando achar alguém
como eu
Que fosse bom prá você, enganar, prá roubar, prá tirar
vantagens
E eu que tinha tanta experiência
Ainda assim caí na sua conversa
Meus trinta anos de janela acabaram não valendo de
nada
Ou quase nada

Mas se prepare agora pro troco certo que esse você vai
receber
Não vai ser muito agradável ouvir desse jeito a
verdade nua, e crua
A sua última oportunidade, você gastou e vai ficar na
saudade
Porque o que eu tenho que dizer você vai escutar quer
queira, quer não

Quem sabe, sabe, malandro, quem não sabe não precisa
saber
Eu vou seguir vivendo a minha vida legal querendo ver
se você vai sobreviver
Ora, olha
Quem sabe, sabe, malandro, quem não sabe não precisa
saber, não, não
E vai ficar a vida inteira dando cabeçada na parede
sem entender
Sem conseguir entender porquê

É... Quem sabe, sabe, malandro, quem não sabe não
precisa saber
Eu vou seguir vivendo a minha vida legal querendo ver
se você vai sobreviver
Ora, olha
Quem sabe, sabe, malandro, quem não sabe não precisa
saber, não, não
E vai ficar a vida inteira dando cabeçada na parede
sem entender
Sem conseguir entender porquê.

Vídeo incorreto?