Você conhece a cabocla sinhá joana
Que mora la na choupana, nos meio dos cafezar
Todos domingo ela arreia o seu burrinho, monta e sai pelo caminho que vai para o arraiar

(solo)

Vai na capela padroeira do lugar
Sua prece vai rezar, pois é a sua devoção
E no altar, ajoelhada com fervor pede a deus nosso senhor para dar-lhe a proteção

(solo)

Sinhá joana é uma linda caboclinha
Delicada e boazinha, eu a amo com ardor
Quando ela passa sinto grande emoção, me palpita o coração eu confesso meu amor

(solo)

Nosso senhor ofereço a minha prece
Alevia quem padece dando amor de joaninha
Eu lhe prometo que irei juntinho dela, sempre hei de levar vela no altar da igrejinha

Vídeo incorreto?