Sinto quase uma ausência
No caminho que percorri
É uma paisagem já passada
Vou recordá-la só para ti

Não é nada importante
A vida passa a correr
É apenas um instante
Que já não vou poder viver

As danças que dancei
São sombras no meu caminho
A dançar eu contarei
As voltas do meu destino

Queria ir por outro lado
Esquecer o que já passou
Ficam sempre algumas marcas
Que a vida não apagou

Mas tudo é tão improvável
Vou tentar adormecer
E entrar naquele sonho
Onde querer também é poder

Vídeo incorreto?