Além do rio azul
As ruas são de ouro e de cristais
Ali tudo é vida, ali tudo é paz
Morte e choro, nunca mais
Verei o grande rio da vida
Claro como o cristal
Verei a face do mestre querido
Não haverá mais noite ali
Não haverá nenhum clamor
Verei os olhos de Jesus
E tocarei seu corpo enfim
As nações andarão em sua luz
E as portas jamais se fecharão
A cidade é de ouro puro
De jaspe é seu muro
Além do rio azul
Morte e choro, tristeza e dor
Nunca mais,nunca mais
Morte e choro, tristeza e dor
Nunca mais,nunca mais

Vídeo incorreto?