Pelos olhos da fé, eu vejo
O Varão de branco entrar
Pelos o olhos da fé, eu sinto
Ele me curar

Segurando na mão do Varão,
Eu sinto o Seu poder
Ele é Fogo,
Ele é fonte de água viva
Ele me fez vencer
Ele dá vista ao cego,
Ele fez o coxo levantar
Não há dor nem doença,
Que Ele não pode sarar

Não há mal que me vença,
Vivo na presença de Jesus
O meu Rei me protege
Ele me conduz com a Sua Luz
Não posso temer,
Porque hoje sou mais que vencedor
Vivo em pás com alegria
Na proteção do meu Salvador
Se eu não tenho dinheiro,
Não me desespero, eu vivo bem,
Porque eu sei que o meu Deus é comigo
E não desampara ninguém,
E caso falte o pão,
Eu levanto as minhas mãos e clamo ao Senhor
E, no dia seguinte, a mesa está farta,
A bênção chego.

Vídeo incorreto?