Muitas vezes as nuvens negras, não nos deixam ver o sol
Mas depois da noite escura, há sempre um novo arrebol
Depois de um vale sombrio, há sempre uma elevação
Depois da morte do corpo, segue-se a ressureição

Após rigoroso inverno, na terra brotam as flores
Depois que a chuva passa, vem o arco-íris de cores
Depois de longa viagem, sim chega a terra querida
Ao fim da jornada terrena, há uma terra prometida

Quantas vezes em nossa vida, acontecem desventuras
Tristeza, mágoas e dores, mortes e também amarguras
Mas após o mal, vem o bem, depois da tristeza, alegria
Após o pranto, sorriso, depois da discórdia, harmonia

E como depois da borrasca, ao mar retorna a bonança
Para todo o sofredor, resta ainda uma esperança
Quando termina o combate, quem vence, recebe o troféu
E quando acabar a carreira, a coroa espera o fiel.

Vídeo incorreto?