Eu lancei meu coração à besta
Para o meu pecado
Eu nunca iria encontrar a minha fé nesta crença invisível novamente
A solidão da juventude
Minha consciência se esgotando
Eu permitirei que meu imposição como um homem profanado

Mas o medo, o sangue, o suor e som
Eles me trouxeram aqui para esperar a vontade de aparecer

Estávamos cegos com a luz sagrada
Eles nos levaram
Como uma navalha através da escuridão daquela noite
meu destino

Ora, o peso da palavra viva
Venha verdadeira vocação
E meu coração vai beber o sangue da morte de minha alma para sempre sabia
Na reverência de uma voz
Meu clareza de você
O Rei dos quais eu nunca fui foi executado através de meu espírito

Vamos levar essa chama

O fogo é em nosso nome
Vamos levar essa chama

Vídeo incorreto?