Quando levaram meu Jesus para o madeiro
E ajeitaram, ali, seu corpo inteiro perante a multidão
O carrasco separou os pregos, na poeira
E abateu até furar a madeira e o sangue veio ao chão
A cruz antes do sangue era maldita
Pois o sangue a limpou
A cruz antes do sangue era condenação
Mas depois, a salvação, para o homem pecador

Quando foi ferido o meu Jesus amado
Com uma lança traspassaram o seu lado
Sangue saiu, aquele sangue era confirmação
De que o Senhor nos trouxe a salvação ali naquela cruz

Se você crer que este sangue limpa
Venha agora, não resista, pois Jesus está aqui
Ele vai limpar o seu pecado
Você vai ser curado neste sangue
Sangue, sangue, sangue, derramou por mim
Sangue, sangue, sangue, derramou por mim

Vídeo incorreto?