Já cansados seguimos de noite a penar
na jornada da vida cristã
Mas será para nós tão brilhante o raiar
da gloriosa e feliz manhã

Findarão as agruras da vida
quando a névoa do mal passar
Há de a noite fugir ante o vivo luzir
Quando o dia eternal raiar

Há tão grandes mistérios na trilha a seguir
e prenúncio de lutas e dor
Mas de nós fugirão quando virmos luzir
sua face em real fulgor

Findarão as agruras da vida
quando a névoa do mal passar
Há de a noite fugir ante o vivo luzir
Quando o dia eternal raiar

Mesmo que nos pareça o caminho sem fim
tendo os olhos a lacrimejar
Recompesas gloriosas teremos enfim
no bendito e eterno lar

Findarão as agruras da vida
quando a névoa do mal passar
Há de a noite fugir ante o vivo luzir
Quando o dia eternal raiar

Vídeo incorreto?