É que a gente sofre tanto por tudo que se desfaz
O infinito é tão distante pra frente ou para trás
Dele é o tempo, Deus infinito é
O dono de tudo

Mas chegará o tempo em que eu não morrerei
Jamais, jamais
E o tempo me deixará em paz, em paz
O antes e o depois não existem mais

O infinito é quantidade pra quem olha pra trás
Mas também é vituosidade do Pai

Mas chegará o tempo em que eu não morrerei
Jamais, jamais
E o tempo me deixará em paz, em paz
Não morrerei jamais, jamais
E o tempo me deixará em paz, em paz
O antes e o depois não existem mais

Vídeo incorreto?