Lírio do vale, ‘strela do amanhecer
Lírio do vale, ‘strela do amanhecer

Lá no princípio em meio as trevas
E se movendo por sobre as águas
Assim falou: Que haja luz

E da ruina a promessa
O universo o aplaude
E ao seu comando o sol então nasceu

Lírio do vale, ‘strela do amanhecer
A criação declara quem tú és

A alegria, a salvação és pra nós
Esperança e luz pro nosso coração

Lírio do vale, ‘strela do amanhecer

Quando em fracasso em meio as trevas
Vens se movendo por sobre meu ser
A me falar: Que haja luz

E da ruina a promessa
Do meu passado não mais me lembro
Pois tudo novo sim, ele em mim tornou

Lírio do vale, ‘strela do amanhecer
A criação declara quem tú és

A alegria, a salvação és pra nós
Esperança e luz pro nosso coração

Cantai
Pois a glória do senhor já brilha
Cantai
Pois a glória do senhor já brilha
Cantai
Pois a glória do senhor já brilha
Cantai
Pois a glória do senhor já brilha

Lírio do vale, ‘strela do amanhecer
A criação declara quem tú és

A alegria, a salvação és pra nós
Esperança e luz pro nosso coração
Esperança e luz pro nosso coração

Lá no princípio em meio as trevas
E se movendo por sobre as águas
Assim falou: Que haja luz

Lá no princípio em meio as trevas
Esperança e luz pro nosso coração

Vídeo incorreto?