Jovem sábio e batalhador
Logo cedo aprende a se humilhar
E andar diante do Senhor
Que lhe concede a graça de sonhar

Vive o exílio cruel e atroz
Vê seu povo em pranto e provações
Ergue a alma, o coração e a voz
A ele é dado o dom de ter visões

De um insano rei alucinado e mal
Prova a força, a fúria e o fogaréu
E ao ser lançado à cova dos leões
Deus honra a fibra e a fé de Daniel

Já no fim de seu longo viver
Ouve a voz de um anjo a declarar
"Toda glória irá se oferecer
A todo aquele que perseverar..."

Vídeo incorreto?