(Verso I)
Amor firme vence tudo, amor tudo facilita
quem quer bem a tudo atende, quem ama tudo acredita

(Verso II)
É num beijo que o amor, todo ele se resume
porque o amor sem um beijo é como a flor sem perfume

(Refrão)
Muito padece quem ama, mais padece quem namora
Mais padece quem não vê seu amor a toda a hora
Quando o meu amor não vejo, a tristeza já cá mora
Quando alcanço o que desejo a tristeza vai embora

(Verso III)
Plantei amor no meu peito pensando que não pegasse
Tanto pegou que nasceu, reproduz e ainda nasce

(Verso IV)
Anda lua no espaço não-me apareças agora
Oh lua eu sei que és bonita mas és ma p’ra quem namora

Vídeo incorreto?