Sempre que me afasto dos teus braços de amor,
Eu tropeço e caio mais uma vez senhor.
Basta o primeiro passo, basta confiar na ilusão,
Logo sigo outros caminhos e conheço a solidão.
Quão difícil é andar só sem rumo e sem direção,
Sem ter um ombro amigo sem um olhar de aceitação.

Mas sempre que eu clamo por tua graça e amor,
Sei que tu me ouves mas uma vez senhor.
Basta ouvir o teu chamado e me entregar em tuas mãos,
Logo entendo que sem ti minha força é em vão.
Ao teu lado meu bom pai me sinto tão feliz,
Em teus braços volto a ser criança sou apenas aprendiz.

Mas uma vez senhor eu venho a ti
Pois descobri senhor
Nada sou sem teu amor
Sei que podes me ouvir
Me perdoar e me aceitar mais uma vez.

Vídeo incorreto?