O Monte Calvário sozinho, ele subiu
Cansado,sofrido e ferido
Aquele que nos trouxe a luz
Arrastava descalso, uma cruz
No seu olhar tão profundo, trazia dor
A dor dos enganos do mundo
E a coroa de espinhos foi tudo
Que deram ao Rei chamado Jesus
Ninguém nos amou tando assim como ele
E o amor como esse não pode acabar
Esse monte sagrado ainda está
A promessa que o tempo não pode apagar
Os Pastores subindo o Calvário de novo
Levando os pedidos, as dores do povo
Sei que Deus há de ouvir nossa voz
No altar que Jesus deu a vida por nós

Senhor quem sou eu pra estar neste santo lugar
Te pesso que entre tantos pedidos
Encontre o meu nome escrito
Espero com fé a minha graça alcançar
Senhor meu Senhor de um jeito
Me ensina a fazer um sacrifício perfeito
A minha fé vai ao monte, num pedacinho de papel
No santuário do monte calvário
Acredito na luz que virá lá do céu
No santuário do monte calvário
Acredito na luz que virá lá do céu

Ninguém nos amou tando assim como ele
E o amor como esse não pode acabar
Esse monte sagrado ainda está
A promessa que o tempo não pode apagar
Os Pastores subindo o Calvário de novo
Levando os pedidos, as dores do povo
Sei que Deus há de ouvir nossa voz
No altar que Jesus deu a vida por nós

Senhor quem sou eu pra estar neste santo lugar
Te pesso que entre tantos pedidos
Encontre o meu nome escrito
Espero com fé a minha graça alcançar
Senhor meu Senhor de um jeito
Me ensina a fazer um sacrifício perfeito
A minha fé vai ao monte, num pedacinho de papel
No santuário do monte calvário
Acredito na luz que virá lá do céu
No santuário do monte calvário
Acredito no amor que virá lá do céu
No santuário do monte calvário
Acredito Jesus que virá lá do céu

Vídeo incorreto?