Dor como a dor de Jesus
Quem há de falar
Que padeceu assim
Quem suportaria
Os cravos das suas mãos?
Que agonia sentiu
Aquele inocente
Pra salvar a gente
Da vil condenação foi por amor.

A terra tremeu
O sol se escondeu
Foi abandonado por tudo e de todos
Que dia terrível
Quem há de esquecer
O dia que morreu o Filho de Deus!

Quero sempre falar desse amor!
Nas altas montanhas
Nos mais densos vales
Nas minhas angústias
Nas minhas decepções
Não vou silenciar
Eu sei que um dia não muito distante
No céu eu vou morar com Jeová!

Vídeo incorreto?