Tão cansada estou de lutas e dor
De coisas que vem me desapontar
Meus sonhos vão todos pelo chão
Não sei se isto vai mudar
Mas Tu tens a mão que me ampara
E que vai me guiar na escuridão

Oh Pai, não deixes que eu vá
Para longe de Tua mão
Oh Pai, não deixes que eu vá
Hoje e sempre, guarda-me em Teu coração

Só agora eu consigo ver
Que tive que sofrer para aprender
Pois eu tentei, tentei até me machucar
Meu caminho achar
Mas Tu és a luz a iluminar
A me mostrar por onde devo andar

Oh Pai, não deixes que eu vá
Para longe de Tua mão
Oh Pai, não deixes que eu vá
Hoje e sempre, guarda-me em Teu coração

Foi na hora triste
Que clamei por socorro
Chorei
Senti a Tua mão

Oh Pai, não deixes que eu vá
Para longe de Tua mão
Oh Pai, não deixes que eu vá
Hoje e sempre, guarda-me em Teu coração.

Vídeo incorreto?