Se frio se fizer o meu coração
Se o inverno insistir em chegar
Sei que teu amor de Mãe
Do frio me protegerá

Se as folhas secas caírem no chão
Se o vento forte soprar
Sei que tu, ó Mãe, não me deixarás cair
Também no outono me ampararás

Se, forte, ao longe, o Sol despontar
Conheço Aquela que o despertou
Ó materna aurora, tua luz, teu calor
Tornam claro o meu caminhar

Se no centro do meu coração
Tu brotares, ó belo botão
Sei que meu jardim sempre exalará
O perfume de uma eterna canção

Se bem dentro do meu coração
Tu soares, ó terna canção
Nova primavera eu hei de ver
Nova vida poderei colher.

Vídeo incorreto?