Por que não posso eu viver como os demais, Senhor?
Pois vejo as multidões indiferentes ao redor
por que eu sinto este peso sempre sem cessar?
Oh! Senhor vem suavemente me falar.

Meu filho te escolhi, sim te escolhi
Pra fazer a minha obra preciso, sim, de ti
Ao Mestre até chegar o fim
Pois ouço Deus dizendo
Te escolhi pra mim.

Por que não posso eu viver e o mundo esquecer?
Seu chora e angústia toda hora me entristecer
Por que eu sinto este peso no meu coração?
Oh! Senhor, responde-me em terno tom.

E quando um dia no céu uma coroa eu receber
Perguntarei que fiz pra tanta hora merecer?
Com seu olhar tão terno e em tom de grande amor
Me responderá ó sim meu Salvador.

Meu filho te escolhi, sim, eu te escolhi
Fizeste a minha obra e foste fiel a mim
Meu servo vem entrar, meu reino é teu ó, sim
Porque amado servo te escolhi pra mim.

Vídeo incorreto?