Semeei a semente,sim na primavera
Reguei-a com lágrimas choro é dor
Mas outro talvez ceifará o meu trigo
Com gozo trazendo ao Senhor

Vez após meses a minha alma sente
Angústia e choro do semeador
Mas o que semeeia tanto como o que ceifa
Terão recompensa das mãos do Senhor

O ceifeiro recolhe com gozo os frutos
Nem sempre sabendo a dor que custou
Para quém trabalhou tanto no sol ou chuva
E com paciência a semente plantou

Vídeo incorreto?