Longe de casa
Mais sem perder a direção
Carrego no peito
O tanto da saudade que me faz viver
Ainda que longe
Ainda que perto
As vezes um deserto eu vivo
E o tempo me conforta, eu sobrevivo

Aquela mãe que não pensou em si
E pelo fruto seu melhor, perdeu as madrugadas
E a mais bela das mulheres
E nossa casa mais segura, o Céu aqui

Pisa em meus pés, o chão de minha historia
Eu sou o pai, a mãe, a casa, o Céu, eu sou o filho
Eu levo aqui dentro quem eu amo
Quem me ama, quem me salva
E me leva dentro também

D`aquele pai que se ergueu bem cedo
Que por amor, e fé na vida, e fé em Deus
Venceu o mundo tão difícil
Seguiu movido pelo impulso de cuidar

Pisa em meus pés, o chão de minha historia
Eu sou o pai, a mãe, a casa, o Céu, eu sou o filho
Eu levo aqui dentro quem eu amo
Quem me ama, quem me salva
E me leva dentro também

Longe de casa
Mais sem perder a direção

Vídeo incorreto?