Vejo as pessoas tateantes num mundo em escuridão
Vivem sem motivo e, sensíveis, não vêem sua condição
Querem provas, procuram encontrar a razão para o existir
Iludidas se esforçam, planejam, edificam pra destruir

Fingindo alegria pra tristeza ocultar
Perdidas no vazio pra felicidade encontrar
Criam mitos pra tentar se convencer e viver

Vejo as pessoas enganadas em busca da salvação
Confiando em si mesmas, seguem sem rumo, sem direção
Como vês tudo isso passivo, distante, sem intervir?
Te questiono, Te busco, insistente, desejo Tua voz ouvir

Mas é no Teu silêncio que eu consigo Te encontrar,
Tranquilizar minh'alma e, no teu descanso, descansar
De mim mesmo eu consigo desistir e seguir

Seu sossego traduz o poder que eu não sei entender
Nele encontro o segredo, vida e forças pra vencer

E é na Tua ausência que eu posso te encontrar,
Tranquilizar minh'alma e, no teu descanso, descansar
De mim mesmo eu consigo desistir e seguir

Vídeo incorreto?