Dueto com Elson Gollub

Mais uma vez ergo minha voz
Oh, Senhor, quão sagrado é o momento de adorar
Nos átrios entrar e diante do Senhor eu me dou

Mais, muito mais que louvar o Deus vivo
É viver para Ele e Ele comigo
Seja o meu cantar instrumento a levar a paz aqui
Mas que a obra comece em mim

Uma missão tenho nas mãos
Quero então proclamar para os homens o nome de Jesus
Do mundo a luz, grande amigo, bom pastor, Salvador

Mais, muito mais que louvar o Deus vivo
É viver para Ele e Ele comigo
Seja o meu cantar instrumento a levar a paz aqui
Mas que a obra comece em mim

Que o meu canto não volte vazio
Mas que dê frutos pro bem

Mais, muito mais que louvar o Deus vivo
É viver para Ele e Ele comigo
Seja o meu cantar instrumento a levar a paz aqui
Mas que a obra comece em mim

Esteja Tua mão em mim.

Vídeo incorreto?