Olhando ao leste eu vejo uma nuvem
Menor que a mão de um homem
Silêncio e respeito contidos no peito
O momento chegou
Arco-íris no breu, mancho escuro do céu
Que em Coro celebra a Deus
A nuvem se expande, e agora já grande, reluz a vitória
E anjos dão glória a Cristo, cantando
Santo, Santo é o Filho em Majestade!

Vem pra buscar, vem resgatar
Aos seus filhos que tanto amou
Vem pra mudar, vem transformar
Esse mundo que tanto pecou
Vem construir, vem redimir
Terminar com o mal e ao seu povo se unir
Ele vem, pra sempre, Ele vem pra sempre

O som do clarim soa como um trovão
Tremor que abre as tumbas do chão
Eu tento conter a emoção ao rever
Irmãos que um dia perdi
Abraços saudosos, reunião milagrosa
Os santos vestidos de luz
Relembram da cruz, do plano de salvação
E erguem a sua voz em louvor ao Cordeiro
Que um dia trouxe a graça do perdão
E que em majestade

Vem pra buscar, vem resgatar
Aos seus filhos que tanto amou
Vem pra mudar, vem transformar
Esse mundo que tanto pecou
Vem construir, vem redimir
Terminar com o mal e ao seu povo se unir
Ele vem, pra sempre, Ele vem pra sempre

Eu nem sei como descrever
A visão de ter Cristo a olhar pra mim
Tocar suas mãos, marcas do amor
E ouvir o poder de sua voz a dizer

Vim pra buscar, vim resgatar
Aos meus filhos que tanto amei
Vim pra mudar, vim transformar
Esse mundo que um dia criei
Vim construir, vim redimir
Terminar com o mal e ao meu povo me unir
Eu voltei, pra sempre, Eu voltei, pra sempre
Pra Sempre

Vídeo incorreto?