Desprezado e humilhado ele foi
Era homem de dores
Sofrimento ele experimentou
Dele nos escondemos

Certamente ele levou
Sobre si as nossas dores

Sua vida sua morte
Seu coração verteu na cruz
Seu sangue derramou
Foi sacrifício de amor

Me livrou, libertou
Não vivo mais na escravidão
E agora sou servo
Do deus que por mim se entregou

Por nossas transgressões
Ferido ele foi
Morreu por nossos pecados
Oprimido e machucado ele foi
Mas não abriu sua boca

Certamente ele levou
Sobre si as nossas dores

Vídeo incorreto?