Pensei em desistir, já me angustiei
Com frases e palavras de esperança
Um triste coração em meio á multidão
Um vulto de quem não se tem lembrança
Meu dia é acordar, sentar e esperar
Que alguém me faça crer
Em algo mais do que discursos vãos
E então, por fim eu vou acreditar
No carpinteiro que aqui vai passar

Sentado à beira do caminho então
Ouvi o som da multidão,
Pessoas que gritavam contra mim
E eu não podia ver quem é
O tal Rabi de Nazaré e então clamei
Senhor tem compaixão de mim,
E insisti clamando assim
Já quase desistindo Ele me ouviu
Valeu a pena o meu clamor,
Achei o meu Libertador, enfim.

Vídeo incorreto?