Quando começam as noites
Com os seus açoites e sua ilusão
Vidas vazias procuram
Fugir da angústia e da solidão
Fogem da luz e do brilho
Que podem mostrar os seus erros e dores
Que se revelam nos olhos
Que nunca disfarçam os seus dissabores

Vidas carentes de vida
Almas carentes de força
Fingem ter felicidade
Enquanto a noite durar
Até que um dia uma lágrima
Faça que lembrem de Deus
E só então suas noites
Serão de paz outra vez

Vídeo incorreto?