Quem dera eu pudesse te libertar daquela cruz
E te abraçar com o mesmo amor
Que por mim mostravas, ó Jesus
A dor de cada espinho e dos cravos
Sei que não eram fortes como a dor da rejeição
No céu se fez silêncio.
Na terra a multidão...
As lágrimas dos anjos eram fardos no teu coração
E num momento a criação se sentiu sem seu Senhor
Meu coração sozinho... sem teu amor


Mas um Rei não se despede assim
E quem creu no teu nome sabia que não era o fim
Jesus Cristo em glória ressurgiu e hoje reina outra vez
Aleluia! Aleluia!
Jesus Cristo é o Rei dos reis.

Vídeo incorreto?